ele partiu, senhoras e senhores.
ele me deixou
deixou sobre a cama suas roupas ainda impregnadas dele, em cada canto da minha vida uma lembrança dele, o tempo todo, ele.

tenho contado as horas que não penso em você, hoje te pensei por 4 horas apenas, me disseram que isso é loucura, e eu penso que esse é o único caminho. cada dia mais, menos você. eu te vejo desaparecendo, eu vejo sua imagem se desfazendo na distância, sua voz já soa mais baixo e sei que tão logo eu acorde você não estará mais em mim, embora. eu te amo. embora eu sempre te ame, você desaparecerá de mim.
me despeço em silêncio.
(dói-me o peito, como uma flor rompendo o solo)

ele partiu, senhoras e senhores.
e embora haja tanta lembrança ainda em cada canto, ele já caminha por outros cantos e não vai mais voltar.
solitário esse meu desamparo
silencioso esse desapego
ainda pegado em mim
se alguém tiver notícias dele, por favor, não me contem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário